14/02/2022

ESTAMOS INDO, ANOS E MENTES, DEMENTES DESCONTENTES

DOIS MIL E VINTE E ALGUMA COISA ESTÃO SEMPRE SE-INDO


ESTAR SE-INDO O ANO, 
NÃO MENTES, GENTES PESSOAS....
ESTÃO SE-INDO LEVES E SAUDOSOS

LEVANDO LAGRIMAS E SORRISOS,
PARA UNS SAUDADES
PARA OUTROS 
DELICADAS TRISTEZAS.

MAIS É ASSIM...

TUDO QUE PASSA
PASSA PARA UNS 
E OUTROS NÃO,
PORQUE O ARRANHÃO DO CORAÇÃO
JORRA DO PASSADO
INCOMODANDO O PRESENTE
E TORNANDO INCERTO O FUTURO

ESCREVERIA-SE O ANO EM NÚMEROS ÁRABES
MAIS MESMO ASSIM SE-INDO ESTARIA
TAL QUAL TODOS OS OUTROS ANOS...
TODOS OS OUTROS TRISTES ARRANHÕES
TODAS AS OUTRAS ENAMORADAS SITUAÇÕES
É CERTO QUE TUDO ESTAR SE-INDO

SE -INDO PARA LÁ...

PARA ALGUM LUGAR,
QUE FAZ PARTE DA GENTE
PORQUE MESMO SE-INDO
FICARAM DENTRO DE MENTES...
DEMENTES DESCONTENTES

ENTÃO, PORÉM, TODAVIA...
QUE VENHAM OS ANOS NOVOS
QUE VENHAM O NOVO,
DE ROUPAGEM NOVA...
QUE SEJAMOS BRANDOS
DE CORAÇÕES DESCENTES
NÃO ESSES COM UM DEUS 
QUE SEGREGA GENTES

QUE O ABRAÇO 
ABRACE AO MUNDO
COM UM APERTO QUENTE
TRAZENDO O POBRE
O  BRANCO, 
CAFUZO
TODOS CONTENTES

UM ANO FELIZ, 
MUITO MAIS AMADO
DIFERENCIADO,
MENOS ATRAPALHADO
COM MAIS  APRENDIZADO
MENOS ATENTADO
POR BOZOS E BOBOS
POR MENTES DOENTES


UM FELIZ HOJE 

E UM MARAVILHOSO AMANHÃ...


Texto de Beto Nazário


faça o seu destino, dê os primeiros paços e pincele seu caminho

Nenhum comentário: