Últimas notícias

ACS PM/RN É MESMO UMA ENTIDADE BRASILEIRA: ELA NÃO DESISTE NUNCA

09/10/2013 - Processo da Lei de Promoção de Praças continua parado

Passados um mês do encontro com dos representantes dos policiais e bombeiros militares com a governadora Rosalba Ciarlini, o processo da Lei de Promoção de Praças continua parado. A chefe do Executivo havia determinado que o Controlador Geral do Estado, José Anselmo de Carvalho, desse andamento ao processo. Presidente das associações se reuniram com ele, na manhã desta quarta-feira (9), e não ouviram nenhum avanço.
Anselmo de Carvalho apenas disse que o Governo do RN não irá dá seguimento ao processo enquanto o Estado não tiver condições de assumir os possíveis impactos do projeto. Mesmo os presidentes das associações ressaltando que a Lei de Promoção de Praças não terá nenhum impacto orçamentário imediato, o Controlador Geral do Estado afirmou: “Nós não podemos assumir uma coisa que não temos como cumprir”.
Em resposta, os representantes dos policiais e bombeiros lembraram para Anselmo de Carvalho que o andamento do processo foi ordem da própria chefe do Executivo. "A governadora Rosalba Ciarlini nos garantiu, em reunião, que os trâmites burocráticos teriam andamento e delegou essa função ao Controlador Geral, mas, infelizmente, até o momento, nada foi feito", comenta o soldado Roberto Campos, presidente da Associação dos Cabos e Soldados da PM.
 
Ele esteve acompanhado do sargento Eliab Marques, da Associação dos Subtenentes e Sargentos, bem como do soldado Rodrigo Maribondo, da Associação dos Bombeiros. Ainda na manhã desta quarta-feira, os três foram orientados a procurar o secretário estadual de Administração e Recursos Humanos, Antônio Alber da Nóbrega, tendo em vista que o processo está na Subsecretaria de Recursos Humanos.
Os diretores não conseguiram falar com o secretário Alber da Nóbrega, que estava em reunião, nem com o titular da Subsecretaria de Recursos Humanos, Mário Sérgio, que não se encontrava na repartição. "Nós já explicamos várias vezes para os representantes do Estado que nosso projeto não tem impacto algum de imediato, só é preciso que o Governo faça o trabalho de análise e viabilidade do processo, debatendo junto com as associações", completa o soldado Roberto.
 
Agora, a diretoria das associações representativas convoca todos os militares e bombeiros para uma assembleia geral que será realizada nesta quinta-feira (10), às 9h, no Clube Tiradentes. Serão apresentados detalhes dessas tentativas de colocar o processo da Lei de Promoção de Praças para andar, bem como serão definidos novos passos a serem dados pelas categorias.

Nenhum comentário